dito no bar

A vingança do homem

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
Uma noite, na semana passada, a minha namorada e eu estávamos indo para a cama. Bem, a paixão começa a aquecer, e ela finalmente diz:
– Eu não me sinto no clima, eu só quero que você me abrace.
 
Eu disse:
– O quê? O que é que é isso?
 
Então ela diz as palavras que cada namorado no planeta teme ouvir:
Você simplesmente não está suficientemente em contato com as minhas necessidades emocionais como uma mulher, para que eu satisfaça suas necessidades físicas como um homem.
 
Ela respondeu ao meu olhar perplexo, dizendo:
– Você não pode simplesmente me amar por quem eu sou e não pelo que eu faço com você no quarto?
 
Percebendo que nada ia acontecer naquela noite, eu fui dormir. No dia seguinte, optei por tirar o dia de folga do trabalho para passar tempo com ela. Nós saímos para um bom almoço e depois fomos fazer compras em uma grande, grande loja de departamentos. Eu andava com ela enquanto ela experimentava várias roupas muito caras. Ela não conseguia decidir qual levar, então eu disse para ela que deveríamos levar todas. Ela queria sapatos novos para combinar suas roupas novas, e eu disse:
– Pegue logo um par de cada para combinar com cada roupa.
Fomos para a seção de jóias, onde ela escolheu um par de brincos de diamantes. Ela estava tão animada. Ela deve ter até pensado que eu estava tendo um surto de insanidade. Comecei a pensar que ela estava me testando, porque ela pediu uma pulseira de tênis, sendo que ela nem joga tênis. Ela estava quase tendo um orgasmo de tanta emoção. Sorrindo com antecipação, ela finalmente disse:
– Eu acho que isso já é o suficiente, vamos para o caixa.
 
Eu mal podia conter-me quando soltei:
– Não querida, eu não me sinto no clima.
 
Seu rosto ficou branco e seu queixo caiu com um perplexo:
– O quê?
 
Foi então que eu disse:
– Querida! Você simplesmente não está suficientemente em contato com as minhas necessidades financeiras como um homem, para que eu satisfaça suas necessidades de compras como uma mulher.
 
E justamente quando ela tinha aquele olhar que ela ia me matar, eu acrescentei:
– Por que você não pode simplesmente me amar por quem eu sou, e não pelas as coisas que eu compro?
 
Aparentemente eu não vou transar essa noite.

Comentários: