dito no bar

Piadas de bar

Piadas de bar – A loira e os 100 reais

Piadas  

Uma loira espetacular ia andando pela rua quando uma cara chega perto dela e diz:

— Quero te possuir agora mesmo!

— Que é isso, você está louco? — diz a garota.

— Vamos fazer o seguinte — diz o cara. — Eu deixo cair 100 reais no chão e o tempo que você demora em apanhar eu te como por trás. Aceita ai vai…

A garota pensou, pensou, tava meio dura querendo comprar um celular novo e resolveu telefonar para uma amiga para lhe pedir uma opinião. A amiga muito esperta aconselhou o seguinte:

— Ai amiga esse cara é um babaca, escuta, o tempo que você demora para abaixar e pegar a grana não dá nem para ele te encostar o pinto. Aceita, você pega a grana e deixa ele falando sozinho.

A amiga 20 minutos depois liga de volta:

— E então?

A loira decepcionada diz:

— O filho da puta jogou 100 reais no chão em moedas de 5 centavos… Já tá dando a segunda!

Piadas de bar – Manoel e o Hospício

Piadas  

O pneu do carro do Manuel fura diante de um hospício. Ele desce e tira as porcas da roda, mas elas escorregam para dentro de um bueiro. Um dos internos assiste a cena do lado de dentro das grades do manicômio e aconselha ao Manuel:

— Tire uma porca de cada uma das três rodas para segurar a que ficou solta, até chegar a um posto.

— Fenomenal! Muito boa ideia. Obrigado! Olhe, eu nem sei por que tu estas aí dentro.

— Eu estou aqui porque sou doido, não porque sou burro!

Piadas de bar – Tarado do ônibus

Piadas  

O vagão do metrô esta lotado e de repente, uma morena vestindo uma calca justíssima no bumbum vira-se para o passageiro bem atrás dela e o adverte a berros:

— Se o senhor não parar de me cutucar com essa coisa ai, eu vou chamar o guarda na próxima estação.

E o passageiro responde com um sorriso malicioso:

— Desculpe-me senhorita, é apenas o meu envelope de pagamento.

— Então, o senhor deve ter o melhor emprego do mundo, porque nos últimos dez minutos seu salário já subiu três vezes.
 
Para ver mais piadas de bar

Piadas de bar – Futebol no céu

 

Mesmo antes do Maracanã, os dois já iam juntos ao futebol. Sem falar nas peladas de sábado, que jogavam desde os tempos de universidade.

A amizade de tantos anos, as emoções do esporte estavam acabando ali, com a notícia de quanto tempo resta de vida para o companheiro.

— Zé, vou sentir uma falta de você, Zé. Mas ainda te peço um último favor, mesmo depois de você morrer. Eu preciso saber se tem futebol nesta tal vida depois da morte, Zé, você me conta?

— Está bem, prometo que assim que morrer volto e te conto.

Quinze dias depois de Zé morrer, Jorge é acordado por uma luz brilhante no meio da noite:

— Zé, é você?

— Sou eu sim, Jorge.

— Então, Zé, tem futebol na vida eterna?

— Bem, tenho boas e más notícias do Além.

— Quais são as boas?

— Bem, existe futebol na vida eterna.

— Ótimo, que bom. E quais são as más notícias?

— Te escalaram na ponta-direita pro domingo que vem.

Piadas de bar – Pergunta do filho

 

O garotinho chega para o pai e pergunta:
– Pai, de onde eu vim?
– Bem, filho… – começou o pai, visivelmente constrangido. – Você sabe… o papai tem uma sementinha…
Durante meia hora explicou para o garoto da maneira mais didática possível como funciona o processo de acasalamento.
 
Quando terminou, o garotinho olhou-o com semblante sério e disse:
– Ah! Entendi!
 
E o pai:
– Mas, porque você resolveu me perguntar isso justamente agora, filho?
– É que o Luisinho, me disse que ele veio de Uberaba!

Piadas de bar: A veterinária e o petista

 

Depois de se conhecerem em uma festa, o casal acorda no dia seguinte com ar apaixonado.
– Foi uma noite maravilhosa! – diz o rapaz.
– Aposto que você é veterinária!
– Como adivinhou? – pergunta ela surpresa.
– É que você soube cuidar bem do meu bichinho.
– E eu aposto que você é petista! – devolveu ela.
– Petista?
– Sim, quando estava por baixo ficava gritando o
tempo todo e quando estava por cima, não sabia o que
fazer.

Piadas de bar: Joãozinho, o inteligente

Piadas  

A professora estava com dificuldades com um dos alunos.
— Joãozinho, qual é o problema?
— Sou inteligente demais para estar no primeiro ano. Minha irmã está no terceiro ano e eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para o terceiro ano também!
 
A professora vê que não vai conseguir resolver este problema e o manda para a diretoria. Enquanto o Joãozinho espera na ante-sala, a professora explica a situação ao diretor. O diretor diz para a professora que ele vai fazer um teste com o garoto, e como ele não vai conseguir responder a todas as perguntas, vai mesmo ficar no primeiro ano.
A professora concorda. Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um teste e o menino aceita.
 
Então o diretor começa:
— Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?
— 9.
— E quanto é 6 vezes 6?
— 36.
 
E o diretor continua com a bateria de questionamentos que um aluno do terceiro ano deveria saber responder e Joãozinho não comete erro algum.
 
O diretor, então, diz para a professora:
— Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano.
— Posso fazer algumas perguntas também? — fala a professora.
O diretor e o Joãozinho concordam.
 
A professora pergunta:
— O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?
Joãozinho pensa um instante e responde:
— Pernas.
 
Ela faz outra pergunta:
— O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper…
— Bolsos — responde Joãozinho.
 
— O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem?
Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração…
— A letra “M”. — responde o garoto.
 
A professora continua a arguição:
— O que é mole, mas na mão das mulheres fica duro?
— Esmalte. — responde Joãozinho sem pestanejar
 
— O que as mulheres têm no meio das pernas?
— O joelho. — Joãozinho responde mais rápido ainda.
 
— O que é que a mulher casada tem mais larga que a solteira?
— A cama.
 
— Qual o monossílabo tônico que começa com a letra C e termina com a letra U e ora está sujo ora está limpo?
O Diretor começa a suar frio.
— O céu, professora.
 
— O que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio e eu já dei para várias pessoas?
— CD.
 
Não mais se contendo, o diretor interrompe, respira aliviado e diz para a professora:
— Coloque logo o Joãozinho no quarto ano. Eu mesmo teria errado todas!

Piadas de bar – Joãozinho e os palavrões

Piadas  

Preocupada Com a quantidade de palavrões que joãozinho Dizia, a mãe dele decidiu pedir ajuda ao padre da paroquia.
O padre deu o seguinte Conselho:
– Leve este caderno e anote cade vez que seu filho disser um palavrão. E no final do Mês desconte dez centavos por cada palavrão da mesada do menino e os doe a Igreja.
No final do Mês, O Padre Foi visitar a Família e a Primeira coisa que fez Foi Chamar Joãozinho e Conferir o caderno. Contou todos os palavrões e disse:
– Meu Filho, você proferiu 99 palavrões esse Mês! Isto é terrível! Sua mãe descontará R$ 9,90 da sua mesada.
– Beleza, vamos acerta Logo isso, Disse o menino.
Sem esconder a irritação, Joãozinho tirou uma nota de R$ 10,00 do bolso e entregou ao padre.
– Mais eu não tenho R$ 0,10 de Troco, disse o Padre.
 
Então Joãozinho sem pensar muito respondeu:
– Então o senhor vai tomar no cu e fica tudo Certo.

Piadas de bar – Promoção na rádio

Piadas  

Piadas de bar
 

Um dia uma rádio faz uma promoção e quem ganhasse iria ganhar uma passagem para o Havai
Então entra o primeiro concorrente e o radialista diz
– Qual é o país que tem duas sílabas e uma dela e bom de comer?
Então o concorrente pensa, pensa até que sabe a resposta e diz:
– CUba
 
– Olha na minha ficha ta escrito JaPÃO, mais você vai ganhar o prêmio pela criatividade.

Piadas de bar – Namorado cu doce

Piadas  

Piadas de bar
 
A namorada diz pro namorado:
— Amor, me dê um beijo.
— Não posso, você comeu pão e eu sou alérgico a glúten.
— Então chupa meus peitos?
— Peito de mulher tem leite, e eu sou intolerante a lactose.
— Então chupa minha vagina?
— Não posso, urina é salgada e eu tenho pressão alta.
A namorada estava quase desistindo, quando o namorado disse:
— Mas eu posso comer seu cu.
— Não, você está louco? De jeito nenhum!
— Por favor, vai, deixe?
— Nããão!
— Por favor.
— Ok, eu deixo!
— Agora não posso mais, você ficou de cu doce e eu tenho diabetes.