dito no bar

Piadas de bar

Discussão das galinhas

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
 
Duas galinhas discutem:
 
– Meu ovo é maior, por isso custa 50 centavos e o seu custa só 40 centavos.
 
A outra galinha logo responde:
– Sua estúpida, acha mesmo que vou arrombar meu rabo por 10 centavos?
 

Entrevista da Loira

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
 
Uma loira se candidata ao cargo de auxiliar de delegado. Na entrevista o delegado pergunta:
– Quanto é 1 mais 1?
 
A loira responde imediatamente:
– 11.
 
O delegado decide não questionar e segue a entrevista:
– Quais os dois meses que começam com a letra M?
 
A loira responde sem nem pensar:
– Mês que vem e mês passado.
 
Já irritado ele então pergunta:
– Quem matou Getúlio Vargas?
 
A loira faz um esforço mas admite:
– Não sei.
O delegado então manda ela ir embora e tentar descobrir em casa.
 
Chegando em casa a mãe da loira pergunta:
– Como foi na delegacia, minha filha?
 
A loira empolgada responde:
– Foi ótima! Primeiro dia de trabalho e já estou investigando um homicídio.

O policial e a ronda

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
Um policial sai para fazer sua ronda, e vê um carro estacionado em um local isolado com as janelas embaçadas.
Ele bate na janela do motorista e o vidro é aberto. O policial percebe que há um cara sentado no banco da frente, totalmente vestido, e uma menina no banco de trás, também totalmente vestida.
– O que você está fazendo aqui?
– Bem, eu estou lendo uma revista, como você pode ver.
 
– E o que ela está fazendo ali atrás?
– Eu acho que ela está jogando algo no celular.
 
– Qual é a sua idade?
– Tenho vinte anos, senhor.
 
– E quantos anos ela tem?
 
O rapaz olha bem para o relógio e diz:
– Senhor, em 11 minutos ela vai ter dezoito.

Joãozinho o sabichão

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
A professora divide a classe em dois grupos para decidir os mais inteligentes.
Aproveitando- se disso, Joãozinho grita para o outro grupo:
– Nós vamos arrasar com vocês, cambada de idiotas!!!!! !
 
Começa a disputa…
– Quem descobriu a América?
 
O grupo de Joãozinho responde:
– Cristóvão Colombo!
E o Joãozinho grita: Eu não falei? Bando de orelhudos, 1 a 0 !!!
 
A professora lhe repreende e pergunta:
– Que idioma se fala na Espanha?
 
O grupo de Joãozinho responde:
– Espanhol, fessora!!!!
E o Joãozinho:
– Viram só? Seus filhos duma égua, 2 a 0 !!
 
A professora lhe repreende:
– Cala a boca Joãozinho!!!
 
Terceira pergunta:
– Como Cristóvão Colombo chegou à América?
O grupo de Joãozinho responde:
– Nas caravelas.
Joãozinho, emocionadíssimo, disse:
– Eu bem que avisei, seus sacos de merda, 3 a 0!!!
A professora, de saco cheio, grita:
 
– Joãozinho!!! Levanta e sai, porra!!!
Joãozinho responde de imediato:
– O pênis, fessora ! Show! 4 a 0 seus babacas !!!
 
A professora indignada volta a gritar:
– Joãozinho, sai e não volta mais!!!!!
Joãozinho contente responde:
– O cocô , professora. Hahaha, se fuderam, 5 a 0 !!!
 
A professora, não agüentando mais, grita:
– Joãozinho, SAI E NÃO VOLTA DENTRO DE UM MÊS!!!
Joãozinho, feliz da vida, responde aos berros:

– MENSTRUAÇÃO!!! PUTA QUE PARIU, 6 a 0. Eu sou foda.

A vingança do homem

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
Uma noite, na semana passada, a minha namorada e eu estávamos indo para a cama. Bem, a paixão começa a aquecer, e ela finalmente diz:
– Eu não me sinto no clima, eu só quero que você me abrace.
 
Eu disse:
– O quê? O que é que é isso?
 
Então ela diz as palavras que cada namorado no planeta teme ouvir:
Você simplesmente não está suficientemente em contato com as minhas necessidades emocionais como uma mulher, para que eu satisfaça suas necessidades físicas como um homem.
 
Ela respondeu ao meu olhar perplexo, dizendo:
– Você não pode simplesmente me amar por quem eu sou e não pelo que eu faço com você no quarto?
 
Percebendo que nada ia acontecer naquela noite, eu fui dormir. No dia seguinte, optei por tirar o dia de folga do trabalho para passar tempo com ela. Nós saímos para um bom almoço e depois fomos fazer compras em uma grande, grande loja de departamentos. Eu andava com ela enquanto ela experimentava várias roupas muito caras. Ela não conseguia decidir qual levar, então eu disse para ela que deveríamos levar todas. Ela queria sapatos novos para combinar suas roupas novas, e eu disse:
– Pegue logo um par de cada para combinar com cada roupa.
Fomos para a seção de jóias, onde ela escolheu um par de brincos de diamantes. Ela estava tão animada. Ela deve ter até pensado que eu estava tendo um surto de insanidade. Comecei a pensar que ela estava me testando, porque ela pediu uma pulseira de tênis, sendo que ela nem joga tênis. Ela estava quase tendo um orgasmo de tanta emoção. Sorrindo com antecipação, ela finalmente disse:
– Eu acho que isso já é o suficiente, vamos para o caixa.
 
Eu mal podia conter-me quando soltei:
– Não querida, eu não me sinto no clima.
 
Seu rosto ficou branco e seu queixo caiu com um perplexo:
– O quê?
 
Foi então que eu disse:
– Querida! Você simplesmente não está suficientemente em contato com as minhas necessidades financeiras como um homem, para que eu satisfaça suas necessidades de compras como uma mulher.
 
E justamente quando ela tinha aquele olhar que ela ia me matar, eu acrescentei:
– Por que você não pode simplesmente me amar por quem eu sou, e não pelas as coisas que eu compro?
 
Aparentemente eu não vou transar essa noite.

Piadas de bar – A formiga, o grilo e o elefante

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
Estavam na floresta uma formiguinha no chão e um grilo em cima da árvore. De repente um elefante que passava por lá não vê a formiguinha e caminha na direção onde ela está. Imediatamente o grilo que estava na árvore grita:
 
– Elefante, cuidado com a minha amiga formiga, você vai pisar nela!
 
O elefante respeitosamente para e muda o caminho. Mas logo em seguida a formiguinha esbraveja para o grilo:
 
– Por que você você gritou para o elefante? Não estava vendo que eu ia passar uma rasteira nele?

Piadas de bar – Diferença entre amor e sexo

Piadas  

Piadas de bar, nem sempre são boas, mas são de bar
 
Uma mulher mais velha explicava para uma bem mais nova a diferença entre sexo, sexo gostoso e amor.
 
– Sexo é quando um homem te dá regularmente 10 mil reais por mês, te leva em um restaurante francês e depois te leva para a cama. Sexo gostoso é quando um homem te dá regularmente 20 mil reais por mês, te leva em um restaurante francês em Paris e depois te leva para a cama.
 
– E o amor? – perguntou a mais jovem.
 
– Amor é uma besteira que os homens inventaram para te comer de graça.
 

O casal perfeito

Piadas  

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita. Namoraram e um dia se casaram. Formavam um casal perfeito. Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta, quando viram alguém no acostamento pedindo ajuda. Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar.

Essa pessoa era nada mais nada menos do que Papai Noel, cujo trenó havia enguiçado. Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito se ofereceu para ajudá-lo a distribuir os presentes. O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles. Infelizmente, o carro se envolveu em um acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

Pergunta: Quem foi o sobrevivente do trágico acidente? A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Papai Noel? (leia mais abaixo)
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Continue lendo…

O remédio para ficar esperto

Piadas  

– Doutor, eu queria que o senhor me desse um remédio pra eu ficar esperto.
– Tome dois comprimidos destes por dia e volte daqui a uma semana.

Uma semana depois:

– Doutor, acho que não fez muito efeito não…
– Tome três deste outro comprimido diariamente e volte daqui a uma semana.

Na próxima semana:

– Olhe, doutor. Eu sei que não fiquei mais esperto!! O senhor tem certeza que este remédio não é bolinha de farinha?
– Ora viva! Começou a fazer efeito!

Piadas de bar – Joãozinho e o vício

Piadas  

O Joãozinho passava o dia inteiro na frente do computador, só mexendo no facebook. Até que sua mãe decidiu que era necessário por um ponto final naquele vício:
– Joãozinho, já chega! Vou te levar na Igreja pra conversar com o padre pra ver se esse vício acaba!

Foram os dois à igreja, chegando lá, depois de muita conversa, o padre diz ao joãozinho:

– E então, meu filho, largue esse vício e aceite Jesus. Você vai aceitar Jesus?

– Depende padre… se ele prometer que não vai mandar solicitação de joguinhos…