dito no bar

Avião mais rápido do mundo deve ir ao céu em 2017

Avião mais rápido do mundo deve ir ao céu em 2017  

Avião mais rápido do mundo deve ir ao céu em 2017

Quanto mais moderno o mundo fica, parece que todos nós queremos que tudo ande muito mais rápido, tudo tem que ser rápido, imediato, quanto mais rápido melhor. No início do século 20, o recorde de travessia do Oceano Atlântico foi de 4,5 dias por navio, que para épica era de cair o queixo. Hoje em dia, esse mesmo trajeto pode ser feito por volta de 6h de avião.

Mas parece que isso não é o suficiente para empresa Boom Technology.. De acordo com o site da empresa:

Hoje, as viagens internacionais significam jet-lag e dias de perda de produtividade e tempo para a família. Mas imagine deixar New York na parte da manhã, fazer reuniões a tarde em Londres, e estar em casa para colocar os seus filhos na cama … Isto não é ficção científica, agora isso é possível com a aerodinâmica de hoje, compostos de fibra de carbono, e a tecnologia dos motores mais recentes.

Diga Olá para o avião de passageiros da Boom supersonic. Programado para ser lançado em 2017, este novo jato será capaz de viajar a Mach 2.2. Isso é 1.451Mph(2335Kmh), o que irá torná-lo quase 100Mph(160Kmh) mais rápido do que o jato Concorde e 2,6x mais rápido do que outras companhias aéreas que estão no céu agora.

“Este é o transporte aéreo supersônico de passageiros, não besteira, e é realmente acessível”, disse Blake Scholl, fundador e CEO da Boom, em uma recente entrevista no The Guardian. Scholl é um piloto certificado, e um ex-executivo da Amazon.

Avião mais rápido do mundo deve ir ao céu em 2017

Inicialmente, serão oferecidos apenas três rotas: Londres a Nova York, San Francisco a Tóquio e Los Angeles para Sydney. Boom disse que só vai custar US$ 5.000 para ida e volta de Nova York para Londres, o mesmo preço da classe executiva em muitos aviões hoje. No entanto, a diferença é que o voo só terá 3,5 horas. De San Francisco a Tóquio custará US$ 6.500 e só levará 4,7 horas e Los Angeles para Sydney em 6 horas pagando US$ 7.000.

O protótipo está em construção em Denver, Colorado. E está definido que irá ao ar em 2017.

Comentários: