dito no bar

Piadas de bar

Piadas de bar

 

Tomando banho
O guarda vê um homem estacionando seu carro em local proibido e pede:
– Tire o carro e pare em outro lugar! Não está vendo a placa de
“proibido estacionar”?
– Estou – responde o motorista.
– E então?
– E então? Então vá tomar banho!
O guarda algema o indivíduo sem mais nem menos e o leva até a delegacia
– Olha que engraçadinho, delegado… Mandei tirar o carro de um local
proibido e ele me mandou tomar banho!
– Ah, é? – diz o delegado com ironia – E eu? O que você vai mandar?
– Você eu vou mandar tomar no cu! – diz o cara.
O delegado fica muito puto, dá uma porrada nos córnios do cara e fala:
– Leva para os fundos e põe o filho da puta no pau-de-arara..
O policial leva o homem até uma salinha e o pendura de ponta-cabeça,
quando a carteira do cara cai do bolso aberta no chão: “JUIZ FEDERAL”!
Correndo, o guarda volta à sala do delegado e diz:
– Doutor: o cara é JUIZ FEDERAL!
– JUIZ FEDERAL? Puta que pariu! E agora? O que nós vamos fazer?
– Bom… eu vou tomar meu banho…

Piadas de bar

 

A árvore de Natal e a cebola
Uma família feliz está à mesa de jantar quando o filho faz uma pergunta:
– Papai, quantos tipos de seios existem?

O pai, surpreso, responde:
– Bem, meu filho, existem três tipos de seios. Aos 20 anos a mulher tem seios como melões: firmes e redondos. Aos 30 e aos 40 eles são como pêras, ainda belos, porém um pouco caídos… Aos 50 os seios ficam como cebolas…

– Cebolas?!

– Sim. Quando você olha para eles, fica com vontade de chorar.

Depois dessa resposta, a filha é quem pergunta para a mãe:
– Mãe, quantos tipos de pênis existem?

A mãe olha para o marido e responde:
– Bem, filhinha, um homem passa por três fases distintas. Aos 20 anos o pênis é como um pé de Jacarandá, respeitável e firme. Dos 30 aos 40 anos o pênis é como um pé de Chorão, flexível mas confiável. Após os 50 anos o pênis fica como uma árvore de Natal.

– Como assim?

– Isso mesmo. Morto da raiz até a ponta e as bolas ficam penduradas como decoração! E o pior, arma só uma vez por ano…

Piadas de bar

 

CALOR E FRIO APÓS O SEXO

Um casal de idosos vai ao médico.
Ao terminar o exame, o médico pergunta ao velhinho:
– ‘Sua saúde parece boa. O senhor tem alguma pergunta, ou existe alguma coisa que o preocupa ?’
– ‘Na verdade, existe’, diz o velhinho. ‘Depois de fazer sexo com minha esposa, em geral sinto muito calor depois da primeira, e, depois da segunda, sinto muito frio!’
O médico diz que nunca tinha ouvido falar disso e vai pesquisar…
Em seguida, o médico examina a velhinha, e diz:
-‘Tudo está muito bem com a senhora. Existe alguma coisa que a preocupa?’
A senhora diz que não tem nenhuma pergunta ou preocupação. O médico então diz a ela:
– ‘Seu marido diz ter um problema um pouco estranho. Ele disse que sente muito calor depois de fazer sexo a primeira vez, e que sente muito frio depois da segunda. A Sra. tem idéia do porquê?’

– ‘Oh, aquele velho maluco!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
– É porque a primeira é em janeiro, e a segunda, em julho’…

Piadas de bar

 

Numa pequena cidade do interior, uma mulher entra em uma farmácia e fala ao farmacêutico:
– Por favor, quero comprar arsênico.
– Mas… não posso vender isso ASSIM!
– Qual é a finalidade?
– Matar meu marido!!
– Pra este fim… piorou… não posso vender!!!
A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido,transando com a mulher do farmacêutico..
– Ah bom!… COM RECEITA É OUTRA COISA.

Piadas de bar

 

Uma lição de vida!

Estava fazendo compras no SUPERMERCADO e uma velhinha me seguia pelas gôndolas, sempre sorrindo.
Eu parava para pegar algum produto, ela parava e sorria: uma graça a velhinha!
Já na fila do caixa, ela estava na minha frente com seu carrinho abarrotado, sorrindo:
– Espero não tê-lo incomodado, mas você se parece muito com meu falecido filho…

Com um nó na garganta, respondi não haver problema, tudo estava bem.
– Posso lhe pedir algo incomum? disse-me a senhora idosa.
– Sim. Se eu puder lhe ajudar…
– Você pode se despedir de mim dizendo “Adeus, mamãe, nos vemos depois”? Assim dizia meu filho querido… ficarei muito feliz!
– Claro senhora, não há nenhum problema, disse eu para alegria da velhinha.

A velhinha passou a caixa registradora, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse:
– ADEUS filho…

Cheio de amor e ternura, lhe respondi efusivamente:
– ADEUS mamãe, nos vemos depois?
– Sim… nos vemos depois, querido!

Contente e satisfeito com o pouco de alegria dado à velhinha, passei minhas compras.
– R$ 554,00, diz a moça do caixa.
– Tá louca? Dois sabonetes e duas pilhas?
– Mais as compras da sua mãe… ela disse que você pagaria!!!!!

VELHA FILHA DA PUTA!!

Piadas de bar

 

Atitude no trabalho
Um estagiário estava saindo do escritório quando ele viu o presidente da empresa
Com um documento na mão em frente a máquina de ‘picotar’ papéis.
– “Por favor”, diz o presidente,
– “isto é muito importante pra mim, e minha secretária já saiu.”
– “Você sabe como funciona esta máquina?”

– “Lógico”, responde o estagiário!
Imediatamente tira o papel das mãos do presidente, liga a máquina, enfia o documento e aperta um botão.
– “Excelente meu rapaz!!! Muito obrigado…”

– “Eu preciso de 02 cópias. Onde sai?”

Piadas de bar

 

A esposa sai para o trabalho e deixa o maridão, de ferias, a vontade em casa com a empregada gostosona,
mas o que eles não sabiam era que o filhinho tinha ficado tambem. quando a mãe retorna o menino,
curiosissimo, vai logo perguntando:
– mãe, mãe, cú amarrota?
– não meu filho, porque?
– porque o papai se trancou com a empregado no escritorio e disse: tira a roupa que eu vo ti passa o ferro no cu!

Piadas de bar

 

Assaltos pelo Brasil

ASSALTANTE MINEIRO
Ô sô, prestenção
issé um assarto, uai.
Levantus braço e fica ketin quié mió procê.
Esse trem na minha mão tá chein de bala…
Mió passá logo os trocados que eu num tô bão hoje.
Vai andando, uai ! Tá esperando o quê, sô?!

ASSALTANTE BAIANO
Ô meu rei… ( pausa )
Isso é um assalto… ( longa pausa )
Levanta os braços, mas não se avexe não..( outra pausa )
Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado ..
Vai passando a grana, bem devagarinho ( pausa pra pausa )
Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado.
Não esquenta, meu irmãozinho, ( pausa )
Vou deixar teus documentos na encruzilhada .

ASSALTANTE CARIOCA
Aí, perdeu, mermão
Seguiiiinnte, bicho
Tu te fu.. Isso é um assalto .
Passa a grana e levanta os braços rapá .
Não fica de caô que eu te passo o cerol….
Vai andando e se olhar pra tras vira presunto

ASSALTANTE PAULISTA
Pô, meu …
Isso é um assalto, meu
Alevanta os braços, meu .
Passa a grana logo, meu
Mais rápido, meu, Pô, se manda, meu

ASSALTANTE GAÚCHO
O gurí, ficas atento
Báh, isso é um assalto
Levanta os braços e te aquieta, tchê !
Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê.
Passa as pilas prá cá ! E te manda a la cria, senão o quarenta e quatro fala.

ASSALTANTE DE BRASíLIA
Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer que no final do mês, aumentaremos as seguintes tarifas: Energia, Água, Esgoto, Gás, Passagem de ônibus, Imposto de renda, Lincenciamento de veículos, Seguro Obrigatório, Gasolina, Álcool, IPTU, IPVA, IPI, ICMS, PIS, COFINS, CPMF…

Piada de Bar

 

O ÓBVIO
Em uma escola muito heterogênea, onde estudam alunos de várias classes sociais, durante uma aula de português, a professora pergunta:

– Quem sabe fazer uma frase com a palavra “óbvio”?

Rapidamente, Luana, menina rica, uma das mais aplicadas alunas da classe, respondeu:

– Prezada professora, hoje acordei bem cedo, depois de uma ótima noite de sono no conforto de meu quarto. Desci a enorme escadaria de nossa residência e me dirigi à copa onde era servido o café. Depois de deliciar-me, fui até a janela que dá vista para o jardim de entrada.
Percebi que se encontrava guardado na garagem o automóvel BMW do meu pai. Pensei com meus botões:

– É ÓBVIO que meu pai foi ao trabalho de Audi.

Sem querer ficar para trás, Luiz Cláudio Wilson, de uma família de classe média, acrescentou:

– Professora, hoje eu não dormi muito bem, porque meu colchão é meio duro. Eu consegui acordar assim mesmo, porque pus o despertador do lado da cama. Levantei meio zonzo, comi um pão meio muxibento e tomei café. Quando saí para a escola, vi que o fusca do papai estava na garagem. Imaginei:

– É ÓBVIO que o papai não tinha dinheiro para gasolina, foi trabalhar de busão.

Embalado na conversa, Wandercleison Maicon Jáqueson, de classe baixa (é óbvio), também quis responder:

– Fessora, hoje eu quase não durmi, porquê teve tiroteio até tarde na favela. Só acordei de manhã porquê tava morrendo de fome, mas não tinha nada pra cumê mesmo… quando olhei pela janela do barracão, vi a minha vó com o jornal debaixo do braço e pensei:

– É ÓBVIO que ela vai cagá. Num sabe lê…

Piadas de bar

 

– Pai, eu preciso fazer um trabalho para a escola!
Posso te fazer uma pergunta?
– Claro, meu filho, qual é a pergunta?
– O que é política, pai?

– Bem, política envolve: Povo; Governo; Poder econômico; Classe trabalhadora; Futuro do país.
– Não entendi, dá para explicar?
– Bem, vou usar a nossa casa como exemplo:
Sou eu quem traz dinheiro para casa, então eu sou o poder econômico.
Sua mãe administra e gasta o dinheiro, então ela é o governo.
Como nós cuidamos das suas necessidades, você é o povo.
Seu irmãozinho é o futuro do país.
A Zefinha, babá dele, é a classe trabalhadora.
– Entendeu, filho?
– Mais ou menos, pai vou pensar.

Naquela noite, acordado pelo choro do irmãozinho o menino foi ver o que havia de errado. Descobriu que
o irmãozinho tinha sujado a fralda e estava todo emporcalhado. Foi ao quarto dos pais e viu que sua mãe estava num sono muito profundo. Foi ao quarto da babá e viu através da fechadura o pai transando com ela …
Como os dois nem percebiam as batidas que o menino dava na porta, ele voltou para o quarto e dormiu. Na manhã seguinte, na hora do café, ele falou para o pai:
– Pai, agora acho que entendi o que é política…
– Ótimo filho! Então me explica com suas palavras.
– Bom pai, acho que é assim:
Enquanto o poder econômico fode a classe trabalhadora, o governo dorme profundamente. O povo é totalmente ignorado e o futuro do país fica na merda!!!